Digite sua busca

Destaque Publicar no APP Segurança Segurança - Regionais

Homem confessa ter esfaqueado por engano o menino de 10 anos que morreu no HSVP

Compartilhar

Nesta semana ocorreu uma reviravolta no caso do menino de 10 anos que morreu em Passo Fundo, após ser esfaqueado na cidade de Santiago, município situado na área central do estado e distante mais de 300 quilômetros de Passo Fundo. João Vitor Mendonça Severo foi morto por engano, segundo a Polícia Civil, e o autor do homicídio não era o adolescente indicado anteriormente, mas o antigo padrasto do menino, que tem 19 anos.
De acordo com os delegados que estão a frente do caso, Mikael Ananias da Silveira, de 19 anos, confessou ter matado João Vitor. Ele foi ouvido na Delegacia de São Vicente do Sul, de onde é natural e onde estava residindo após o crime e preso durante a noite de quinta-feira, 31, preventivamente.
Segundo a polícia, o acusado não aceitava o fim de um relacionamento com a mãe de João Vitor, motivo pelo qual entrou na casa durante a madrugada de 18 de janeiro, com a intenção de matar o atual namorado da mulher. Mikael entrou na casa usando a chave do imóvel que teria sido alugado por ele e pela mãe do menino.
Como estava escuro e a criança dormia de bruços em uma cama de casal, o indiciado desferiu as facadas no menino, que foi morto por engano. O caso segue em investigação pelos próximos 10 dias, quando o inquérito será concluído e remetido ao Poder Judiciário. Nesse período, a Polícia Civil buscará esclarecer outras situações que, pela complexidade do caso, ainda geram dúvidas.

Fonte : Uirapuru

Tags:

Próxima notícias