Fato atípico revolta frequentadores da praça central de Panambi


Famílias que estiveram na tarde do último domingo, na Praça Engenheiro Walter Faulhaber, centro da cidade de Panambi passaram por situações constrangedoras e bastante desagradáveis no último domingo.
De acordo com relatos chegados a Redação da Sulbrasileira, um casal que costumeiramente se embriaga, colocou um balão furado em uma arvore.
Quando as crianças se aproximavam por curiosidade, eram acusadas de terem furado o balão, e o casal começava a exigir dois reais como pagamento sobre o suposto dano cometido pelos menores. Os pais, para evitar discutir com os alcoólatras, davam os dois reais ao casal, mas se retiravam do local.
É uma situação absurda que não pode continuar.
Para agravar a situação, segundo testemunhas, ao final da tarde o homem agrediu a companheira e ambos apresentavam visíveis sintomas de embriaguez.
Alguns dos reclamantes inclusive manifestaram a intenção de registrar a ocorrência na Brigada Militar.

Comentários