Corpo de homem morto após queda de árvore é velado na Capela da Funerária Fonseca

O corpo do homem morto após queda de árvore na Linha Gramado na tarde desta segunda-feira (7) está sendo velado na capela da Funerária Fonseca em Condor. Antonio Marcos Rodrigues, 44 anos, era natural de Giruá e trabalhava em uma madeireira no interior de Panambi.

Ele deixa a esposa Valéria, o filho Antonio Rafael, o pai Jerônimo, a mãe Helena e demais familiares. O sepultamento será nesta terça-feira (8), às 15h, no Cemitério Municipal de Condor.

Antonio morreu após ser atingido por uma árvore ao sair do serviço. Ele teria morrido a caminho do Pronto Socorro de Panambi.