Consumidor continuará pagando adicional na conta de luz


Até o final do ano, o consumidor de energia elétrica vai continuar pagando mais com o adicional da bandeira Vermelha
O diretor do Operador Nacional do Sistema, Luz Eduardo Barata, disse ontem, que até o fim do ano a bandeira vermelha do setor elétrico seguirá acionada, mesmo com o período chuvoso de novembro, porque seria “ temerário” desligar termelétricas num momento de escassez hídrica, situação que ocorre no centro do país.
A bandeira vermelha no patamar 2 custa R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora consumidos.
A bandeira tarifária está vermelha desde junho.
De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o sistema de bandeiras foi criado para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. As cores verde, amarela ou vermelha indicam se a energia custa mais ou menos por causa das condições de geração. A Aneel acredita que, com as bandeiras, a conta de luz ficou mais transparente.