Ame-se…


Ame-se…

Scheila Azevedo Hinnah*

Seremos muito alertadas durante esse mês de outubro sobre a prevenção do câncer de mama, no entanto quero chamar sua atenção, grande mulher, para o sentimento que temos que ter pulsando em nossas veias o ano todo. O AMOR.

Não ame “se”, mas ame-se. Ame sem pré-requisitos, sem condições. Ame-se hoje e amanhã. Será esse cuidado com a gente mesmo que irá nos salvar de grandes danos, tanto no corpo, fazendo o autoexame e descobrindo cedo uma doença que tem cura se diagnosticada cedo, como na alma, lembrando que somente depois de nos amarmos que poderemos amar o outro e sermos amadas pelo outro.

Afinal, por mais que sejamos consideradas frágeis, podemos ser capazes de guerrear pelo amor. Nós mulheres, por mais que deixamos a lágrima cair facilmente, somos fortes o suficiente para não deixarmos nossa fé cair. Por mais que o coração acelere sentindo alguns medos, somos ousadas para abraçar a coragem e lutar pelos nossos sonhos.

Que nesse mês, possamos, juntas, levantar a bandeira cor de rosa e acreditar ainda mais que quando começamos o dia nos amando, poderemos salvar muitas vidas, inclusive a nossa.

· Escritora e Primeira Dama do Município

Comentários